O que você procura na cidade?

Congonhas: CSN garante que barragem de Casa de Pedra é segura

13 de dezembro de 2017


A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) recebeu ontem (12), uma equipe regional de jornalistas para apresentar a situação da barragem no município de Congonhas. De acordo com os representantes da empresa, a comunidade pode ficar tranquila. A barragem é monitorada constantemente e passa por inspeções diárias.

Em agosto deste ano, bombeiros estiveram na barragem para apurar suspeita de um deslizamento de terra informado ao órgão pela população que vive ao lado da barragem. Já em outubro deste, o Ministério do Trabalho havia determinado a interdição das atividades de operação da Barragem Casa de Pedra. No dia 26 de Novembro, foi feita uma simulação de emergência com o uso de sirene, para alertar moradores em caso de rompimento.

Obras preventivas estão em fase final onde são feitas drenagens para controle de águas, terraplenagem para recomposição e proteção do terreno contra processos erosivos. Um laudo atualizado atestando a segurança da barragem Casa de Pedra foi protocolado no dia 30 de novembro, no Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), pela CSN Mineração. A empresa disse que os fatores de seguraça foram atingidos, e que aguarda o retorno do laudo. “Um segundo relatório será entregue no próximo dia 15 deste mês, referente ao plano de atendimento à emergência, onde concluímos as atividades planejadas como instalação de sirenes, simulação, treinamento com a comunidade, atualização dos dados da comunidade entorno.” afirma o gerente-geral de Sustentabilidade da CSN, Eduardo Sanches. 

Barragem de Casa de Pedra em Congonhas-MG (Foto: Flávio Almeida Mata)

Diferente da Barragem de Fundão em Mariana, a de Casa de Pedra é feito o alteamento à jusante, ou seja, parte da mesma base [Dique de Partida], porém o alteamento [elevação da estrutura], cresce sobre ela mesma, formando uma espécie de pirâmide única, mais seguro e mais caro do que o método utilizado em Fundão (montante).

O complexo Casa de Pedra é a segunda maior reserva de minério de ferro do brasil, atrás apenas de Carajás, no Pará, operada pela Vale.

Opção mais segura

A CSN busca investimentos em tecnologia e novas alternativas para continuar produzindo. Uma desses investimentos é o sistema de empilhamento a seco para o depósito do estéril e dos rejeitos. A empresa aguarda um licenciamento para começar a operar em locais nos quais o rejeito é colocado em uma estrutura única construída previamente, como se fosse uma grande piscina.

OuroBranco.Online

anuncie | contato | expediente

24h


ONLINE

X

Anuncie no maior portal da região:



TM2 & © Ouro Branco Online . Todos os direitos reservados